Periféricos High End

Categorias


Nossos grupos no Facebook


Periféricos High End

Análise do Teclado Mecânico Logitech G610 Orion

Sávio CoelhoSávio Coelho

Introdução

A Logitech anunciou, no começo desse ano, dois teclados, incluindo o G610 Orion. Porém, apesar de ser uma marca pioneira no mercado de periféricos e possuir uma ótima reputação com seus mouses e volantes, a marca ainda não possui uma situação tão sólida no mercado de teclados mecânicos. Contudo, isso não se dá por falta de interesse. Acontece que a primeira tentativa da marca de entrar para esse mercado, quando anunciaram seu primeiro teclado mecânico, o G710+, em 2012, foi um tanto quanto frustrada. O teclado já não tinha nada de extraordinário para se destacar dentre as opções da época, e ainda por cima a Logitech cometeu um erro terrível ao colocar keycaps de baixíssima qualidade no mesmo. Elas simplesmente quebravam com o uso normal.

Keycap quebrada

Após isso, em 2014, a Logitech lançou o G910 Orion Spark, e neste teclado a marca já não usou mais switches Cherry MX. Juntamente com a Omron, a Logitech desenvolveu os excelentes switches Romer-G, e passou a utilizá-los em todos os seus teclados mecânicos desde então, com exceção do G610 Orion, mas isso será explicado mais à frente.

Em março desse ano, quando o Logitech G610 Orion foi anunciado, confesso que fiquei bem entusiasmado. O anúncio desse teclado, juntamente com o do G810 Orion Spectrum, anunciado um pouco antes, me fez imaginar que a imagem da marca poderia mudar consideravelmente. Será que isso aconteceu? É o que vamos ver agora.

Design

O design do G610 é bem simples, realmente não tem cara de ser um teclado “gamer“, e em primeiro contato pode facilmente se passar por um “teclado normal” com iluminação branca. Algo muito diferente do que encontramos no G710+ ou no G910 Orion Spark, previamente citados. E isso foi, justamente, o que me chamou atenção. O mercado brasileiro está acostumado a ver coisas mais extravagantes, teclados cheios de detalhes agressivos e que fazem de tudo para trazerem o título “gamer“.

Além disso, é possível encontrá-lo em 2 opções de switchesCherry MX Red e Brown, embora no Brasil só conseguimos encontrá-lo com essa última opção.

O Logitech G610 é um teclado full-size, ou seja, possui o teclado numérico e a parte das “setinhas” separadas. Infelizmente, esse teclado não possui uma versão ABNT e é encontrado apenas no layout americano, ou ANSI, se preferir. Isso significa que ele não possui “Ç” e o famoso Enter “botinha”. Mas isso, na verdade, não pode ser enxergado como um ponto realmente negativo. Não são muitos os teclados lançados no layout ABNT, uma vez que isso requer uma certa burocracia. Essa burocracia envolve mudança dos padrões de fabricação, quantidade mínima no pedido e também depende muito da OEM (original equipment manufacturer) utilizada pela marca, que é a fabricante responsável pela fabricação dos produtos desenvolvidos pela marca.

Botões Multimídia do G610 Orion

Outra característica interessante do Logitech G610 Orion e que agrada a muitos dos usuários, é a presença de uma área multimídia no canto superior direito. Com botões de Play/Pause, Stop, Backward e Foward para o controle de música e um “scroll” para o controle de volume, fica bem agradável a tarefa de controlar músicas, por exemplo. Além disso, apresenta botões para mutar/desmutar o som, um botão para controlar a iluminação (falaremos sobre isso no tópico sobre iluminação) e um botão para desativar a tecla “Windows”, que também é um feature importante para muita gente, mas que está presente em muitos teclados, na verdade.

Área multimídia do G610 Orion

Área multimídia do G610 Orion

Construção externa

Algumas pessoas podem achar que alguns teclados, por terem o acabamento externo em alumínio (o que não é o caso do Logitech G610 Orion) são mais duráveis ou algo do tipo. Só que as coisas não são bem assim.

Placa de alumínio presente nos teclados mecânicos

Placa de alumínio presente nos teclados mecânicos

O que acontece, na verdade, é que ao invés de terem algo “a mais”, teclados que possuem esse tipo de acabamento têm algo a menos! No lugar de colocarem uma “capa” superior de plástico, assim como possuem uma inferior, as fabricantes simplesmente estilizam a placa de alumínio interna e a deixam exposta, para utilizarem o design de teclas “flutuantes” e também darem a impressão de que o teclado possui uma construção mais robusta.

No Logitech G610 Orion encontramos o mesmo tipo de construção do teclado da imagem acima, com a placa interna “normal” e a capa superior em plástico de boa qualidade. As laterais do teclado, no entanto, possuem um acabamento em black piano, o que dá um toque bem especial ao teclado, mas ao mesmo tempo está sujeito a ficar marcado caso você fique tocando nessas áreas.

Não, aquilo não é um arranhão, é só reflexo

Seu cabo não é removível, mas possui uma boa estrutura para evitar que o mesmo venha a ser danificado. Falarei mais sobre isso quando estiver abordando a construção interna do teclado. Além disso, é revestido em nylon e parece ter uma boa durabilidade.

Parte inferior do Logitech G610

Na parte inferior do teclado, podemos ver um acabamento estilizado, e também pezinhos de borracha gigantescos que o mantém fixo na mesa. Também vale dar destaque aos dois pezinhos de ajuste (que inclusive escondem dois parafusos que me deram bastante trabalho na hora de abrir o teclado, mas isso é porque eu sou burro). O G610 possui dois níveis de ajuste para sua inclinação, sendo um pé para cada nível.

Pezinho do primeiro nível de inclinação

Pezinho do primeiro nível de inclinação

Pezinho do segundo nível de inclinação

Pezinho do segundo nível de inclinação

Keycaps

Caso não saiba do que estou falando, keycaps são o plástico com algo impresso em sua superfície, o qual costumamos chamar de “teclas”. Assim como a maioria dos teclados mecânicos disponíveis no mercado, especialmente os mais populares e considerados topo de linha, o plástico utilizado nas keycaps do G610 Orion não são da melhor qualidade. Já a pintura (forma como os caracteres são impressos em sua superfície), embora seja de boa qualidade, é laser. Esse tipo de pintura consiste em pegar uma keycap com um plástico transparente (para a passagem de luz) e pintá-lo de preto. Após isso, um laser irá “desenhar” o caractere de cada keycap, removendo a tinta preta.

O lado negativo desse tipo de pintura é que, caso não seja de boa qualidade ou caso o usuário sue muito, pode haver um desgaste na área em que o caractere foi gravado, de modo que o mesmo fique impossível de se identificar – além de ficar bem feio.

Keycaps desgastadas

Keycaps desgastadas ficam assim

Embora o Logitech G610 Orion não seja um teclado de alto custo e esse tipo de pintura seja, de certa forma, aceitável, existem teclados de custo ainda inferior no mercado chinês com keycaps de qualidade superior. Estes, no caso, possuem keycaps em plástico ABS e pintura Double-Shot, como o famoso Motospeed CK104 e o Mantistek GK2, entre vários outros.

O método de pintura Double-Shot consiste em prensar duas peças de plástico, em ordem de formar o caractere. Esse método é muito superior e, também, mais caro. Apenas alguns teclados topo de linha utilizam esse método de pintura, como o Ducky Shine 5, embora outros teclados de alto custo como o Razer BlackWidow Chroma e o Corsair Strafe RGB utilizem o método à laser mesmo (o que é algo desapontador).

Keycap com método de pintura Double-Shot

Keycap com método de pintura Double-Shot

Uma boa notícia para o fato de que o Logitech G610 Orion não esteja disponível na versão ABNT, é que as suas keycaps são, em boa parte, padronizadas, com exceção das duas teclas “Ctrl”, que são 1.5u e da barra de espaço, que é 5.75u (esta, é quase insubstituível, uma avulsa pode custar um pouco caro). “Mas Sávio, o que isso significa?”. Bom, isso significa que você pode colocar kits completos de keycaps customizadas que estão disponíveis nas mais variadas opções, tanto em estilo/cores quanto no material e método de pintura. Embora algumas tenham um preço bastante elevado, são uma boa para quem gostaria de possuir keycaps de maior qualidade e/ou deixar seu teclado mais bonito.

Set de keycaps em plástico PBT

Set de keycaps em plástico PBT

É possível fazer algo muito parecido (ou até igual, dependendo da compatibilidade do kit de keycaps) com a customização da imagem acima no G610 Orion.

Keycaps do Logitech G610 Orion

Keycaps do Logitech G610 Orion

Construção Interna

Lembram que, dos teclados atuais da Logitech, o G610 Orion é o único que utiliza switches Cherry MX? Bom, essa é uma história curiosa. Acontece que, ao lançar o G710+, a Logitech acreditou que o teclado seria um sucesso absoluto de vendas e, pensando nisso, encomendou uma quantidade absurda de switches Cherry MX Brown. Uma quantidade tão grande, que houve escassez no mercado na época, por isso no ano de 2013 tivemos muitos teclados com Cherry MX Red e Cherry MX Black aqui pelas terras Tupiniquins.

Switch mecânico Cherry MX Brown

Switch mecânico Cherry MX Brown

Só que… Não foi. Foi um fiasco! O Logitech G710+ não vendeu muito e a Logitech ficou com uma quantidade gigantesca de switches Cherry MX Brown. Então, dentre as opções que ela tinha, a mais óbvia era continuar produzindo o G710+ e vendendo a um preço mais baixo, então a marca bolou uma outra maneira de se livrar desses switches: lançou o Logitech G610 Orion.

Entretanto, isso não é uma coisa ruim. A Logitech deu a desculpa de que o G610 Orion existe para ter uma opção de teclado de baixo custo e com switches Cherry MX para agradar o público que gosta e está acostumado (o que não deixa de acontecer), mas a verdade é que ela precisava de algum produto para usar os switches que estavam parados há 3 anos (mas, obviamente, bem guardados).

Switch Cherry MX Brown no Logitech G610

PCB

PCB do Logitech G610 Orion

Agora, entrando de fato na construção interna do Logitech G610 Orion, podemos visualizar um PCB (placa em que seus componentes ficam “instalados”) bem organizado. Pode-se observar, também, a estrutura de seu cabo na parte interna.

Soldas do G610 Orion

Soldas do G610 Orion

As soldas são bem feitas e possuem apenas uma pequena quantidade de resíduo de limpeza, mas este, por sua vez, não é nocivo ao teclado.

PCB do Scroll

PCB do Scroll

Acima podemos ver o pequeno PCB do scroll que controla o volume. Ao ver esta pequena peça quebrada, eu poderia ter ficado assustado, mas como aconteceu exatamente a mesma coisa com o nosso amigo Wetto em sua review do Logitech G810, não houve susto. Este PCB, na verdade, não está “fisicamente” ligado à placa principal. Ele está ligado por um cabo flat que passa por baixo.

Controladora e microprocessador

Aqui, à esquerda, está o micro-processador ARM STM32L100, que é responsável por todas as funções do teclado, bem como pela comunicação com o computador. E, já que vamos falar sobre a iluminação logo logo, à direita podemos ver os controladores responsáveis pelos LEDs do Logitech G610 Orion.

A construção interna do Logitech G610 Orion é algo surpreendente se formos analisar o valor em que o mesmo é comercializado. Esse nível de construção, aliado ao seu valor, o torna uma opção mais interessante do que concorrentes da mesma faixa de preço, como o CM Storm QuickFire TK e até mesmo o HyperX Alloy FPS, de R$700,00.

Iluminação

Chegamos à parte que mais me impressionou nesse teclado. O G610 Orion só está disponível com iluminação na cor branca, mas o que pode parecer um ponto negativo para alguns, na verdade pode mudar ao olharmos de perto.

A começar pelos seus LEDs, o teclado conta com LEDs normais de 3,5mm. Aqui não temos nada de extraordinário. Entretanto, posso dizer facilmente que o G610 Orion possui uma das melhores iluminações quando se trata de teclados com iluminação em uma única cor. Sua iluminação branca, bem como seus efeitos, são simplesmente fantásticos. Vejo alguns amigos que possuem teclados RGB e que gostariam de utilizar apenas uma cor fixa (branca), mas não fica tão bonito porque, em teclados RGB, é necessário que os três espectros (vermelho, verde e azul) combinem para formar a cor branca, então não fica algo tão “puro” quanto LEDs dedicados a essa função como no G610.

LED do G610

Primeiramente, você pode definir a cor (intensidade, já que só temos a cor branca) de cada tecla individualmente no modo livre, ou então de zonas específicas, como WASD, teclas modificadoras etc. Além disso, temos os efeitos de iluminação.

Os efeitos são os listados abaixo e serão demonstrados nos vídeos a seguir:

Também é válido informar que, apesar de não ter originalmente o efeito Spectrogram para reagir às músicas, existe um software feito por usuários para que o teclado execute este efeito. Se você tiver interesse, aqui está o link para download.

Interface do Logitech Spectrogram

Software

O software da Logitech é um dos pontos mais significativos da marca. Basicamente, você pode usar um único software para vários periféricos sem ter que ficar baixando coisas extras específicas para os mesmos, além de ser um software com uma interface agradável e bastante didática.

Interface do Software LGS

Essa é a tela inicial do software quando selecionamos o teclado. Ela apenas nos mostra as teclas em que podemos gravar macros e/ou atribuir outras funções. No caso do Logitech G610 Orion, estas teclas são apenas as teclas de F1 a F12. Alguns concorrentes permitem que todas as teclas sejam configuradas.

Software Logitech

Ao selecionarmos uma das teclas para modificação, ou então ao selecionarmos a segunda opção do menu principal, chegaremos a esta tela. Na parte superior, ela nos mostra os perfis existentes para o teclado. Inicialmente, mostra apenas o padrão, mas ao abrirmos esta tela, nos é apresentada uma opção de reconhecer os perfis já existentes no banco de dados (que são 608), e o teclado já reconhece automaticamente os perfis para programas e jogos já instalados no PC.

Software Logitech

Esta é a tela de reconhecimento de perfis.

Na imagem acima, podemos ver a tela inicial do processo de gravação de macros e atribuição de novas funções à uma tecla específica. Para isso, precisamos selecionar um dos perfis e depois escolher a tecla a qual queremos atribuir uma função. Para demonstrar, selecionei a tecla “F1“, cliquei com o botão direito e em seguida, em “Editar“, e esta é a tela que aparece para configurarmos. Como o software é bem didático, não vamos nos aprofundar aqui.

Software Logitech

Partindo para a tela de configuração do “modo jogo”, aqui podemos selecionar teclas que podem ser desativadas. Por padrão, são as três marcadas em cinza na imagem.

Software Logitech

E aqui, por último, podemos ver quais são as aplicações com as quais o Logitech G610 Orion possui interação.

Vale lembrar também que o G610 não possui memória interna, ou seja, quando você desliga o PC, desconecta o teclado ou fecha o software, ele perde as configurações de iluminação e/ou macros. O efeito de iluminação padrão é “Ondas de Luz”, na horizontal e em velocidade média.

Conclusão

O Logitech G610 Orion é um ótimo teclado, com muitas funções e features interessantes. Seus efeitos de iluminação e sua iluminação em si são muito bem feitos, estão entre os melhores, se não forem os melhores entre os teclados da mesma faixa de preço. O fato de possuir boa compatibilidade com keycaps personalizadas é um ponto forte para quem deseja trocá-las por kits mais bonitos e/ou melhores. É, de fato, um teclado bem completo, principalmente para sua “categoria“. Mas, como nem tudo são flores, mesmo acertando, a Logitech erra. O G610 Orion é ótimo e vale cada centavo do seu valor, porém o seu maior concorrente acaba sendo o seu irmão mais velho: o Logitech G810 Orion Spectrum, que se encontra na faixa dos R$650,00.

Esse teclado mostra que dessa vez a Logitech aprendeu com os erros do passado e lançou um teclado que, apesar de simples, consegue, ao mesmo tempo, ser muito completo. Com sua faixa de preço justíssima girando em torno de R$450,00 e R$500,00, o Logitech G610 Orion vale cada centavo e é uma melhor opção que qualquer outro teclado mecânico de mesmo valor, sendo uma melhor opção que o CM Storm QuickFire TK e até mesmo melhor que teclados como o HyperX Alloy FPS.

Isso, claro, desde que você não se importe em ter um teclado com padrão ANSI. Além disso, o teclado pecou um pouco em não possuir memória interna, mas isso não será um problema desde que você não costume desconectar o teclado do computador.

Para finalizar, gostaria de agradecer à OEMSHOP, que possibilitou a realização desta análise de modo que houvesse conteúdo acrescentado à comunidade, e dizer que você pode encontrar o teclado por R$466,65 no anúncio do site deles.

12687964_1008968382528989_8147904513675269933_n

E queria deixar claro também que o fato de ter sido fornecido por uma loja não irá influenciar em nada na execução de nossas análises, nenhum valor foi recebido da OEMSHOP, tampouco da Logitech, trata-se apenas de contribuir com conteúdo para a comunidade.

Gostou da análise? Clique aqui para participar do sorteio e concorrer ao teclado mecânico Logitech G610 Orion Brown! As instruções estão no link!

  • cynexyl

    Review excelente – como o esperado.
    Boa!

    • Savio Coelho

      Valeu, Igor!

  • Cleyton Draede Silva

    Otima Review Savio,Mestre do PHE

    • Savio Coelho

      Valeu, Cleyton!

  • Harisson Tonieto

    Ótima review, bem explicada, aliás aprendi coisas que não sabia 😉

    • Savio Coelho

      Valeu, Reriso! É nór.

    • bernardo cicchelli

      harisson esse teclado é 1ms? estava pensando em pegar ele ou o cm storm quickfire tk

      • Harisson Tonieto

        Teclado não é periférico de precisão, então isso não vem ao caso, ambos são teclados diferentes e com preços diferentes, veja qual se adequá mais ao seu bolso e necessidades.

        • bernardo cicchelli

          Os dois estão com preços iguais, é que eu jogo fps como CSGO e queria um teclado com input lag rápido!

          • http://oficialphe.com.br Sávio Coelho

            Bernardo, você não vai encontrar diferença alguma no input lag. Como o Harisson disse, teclados não são ferramentas de precisão. Inclusive, devem ser uma das últimas coisas a se priorizar em um setup.

            Quanto ao QuickFire TK, pegue-o se realmente fizer questão de ter um teclado ABNT e não se importar pelo fato dele ser um teclado compacto. No mais, o G610 é superior em basicamente tudo.

          • bernardo cicchelli

            Obrigado Amigo.

  • Carlos Hugo

    Excelente review. Só uma sugestão, vocês poderiam ter um sistema de notas, para cada ponto que vocês analisam.

    • Savio Coelho

      Valeu, Carlos! Sim sim, estamos vendo ainda como podemos implementar um sistema de notas. É algo um pouquinho complicado e não queremos nos equivocar. Mas valeu pela sugestão!

  • http://www.facebook.com/farinazomarcus Marcus Farinazo

    to quase trocando meu tk por ele, o problema é o fullsize
    belo review!

    • Savio Coelho

      Hauhauha eu to achando ele pequeno, mas deve ser porque o Mech é uma aberração. Valeu, Marcus!

  • Walace Lacerda

    Review top, próximo teclado a comprar !!!

    • Savio Coelho

      Valeu, Walace!

  • Ronald Neves

    Savio, ótima review. Tá de parabéns. Agora tem uma coisa que eu gostaria de sugerir que eu não sei se sou o único que gosta ou tem vontade de ver: antes de mostrar a PCB, exibir o teclado inteiro apenas com as keycaps removidas, os estabilizadores das teclas maiores.

    • Savio Coelho

      Valeu, Ronald! E cara, realmente, isso foi um erro meu. Eu simplesmente esqueci. HAHAH Mas vou adicionar depois e tentar lembrar nas próximas vezes!

      • Ronald Neves

        Valeu. 😛
        É que eu comprei um e queria tirar dúvidas sobre os estabilizadores de barra de espaço pra comprar um kit de keycaps doubleshot futuramente, só que como é meu primeiro teclado mecânico, fiquei com medo de quebrar.

        • Savio Coelho

          Ah sim. Cara, acabei de ver aqui e os estabilizadores são Cherry mesmo :p

  • MeleX

    Tétéinha de review. ………Mais ………….vem adesivo? 😛

    • Savio Coelho

      Sem adesivos. =( Vou até reclamar com a Logitech! HAUHAUAH Valeu, MeleX!

  • BruzzinPvP

    Tenho que admitir esse review ta S e n s a c i o n a l.
    Eu não sou muito de ler mas adorei !!!
    Vou comecar a acompanhar as reviews apartir de hoje.

    • Savio Coelho

      Hauaha obrigado, Bruzzin! Fico feliz que tenha gostado.

  • Chevy_Monsenhor

    Excelente review!

    • Savio Coelho

      Obrigado, Chevy_Monsenhor!

  • Chevy_Monsenhor

    Se eu não ganhar o sorteio, eu estou pensando seriamente em vender o meu cansado Nixeus Moda V2 e comprar um desses, gostei bastante do modelo no geral e o que me atraiu mesmo foi a iluminação branca, que não destoa do setup.
    O controle de volume em “roller” também é uma baita mão, ainda mais pra quem usa um amp integrado antigo como amplificação pro PC.

    • Savio Coelho

      Rapaz, o pior é que nenhum vídeo que eu tenha visto (especialmente os meus) consegue dar uma ideia da beleza dessa iluminação branca dele ao vivo. É uma iluminação que deixa a do meu CM Storm Mech no chinelo. O scroll do volume também é algo extremamente agradável ao toque.

      • Chevy_Monsenhor

        Só posso imaginar! Vou ficar na torcida pra ganhar ele e ver de perto, hehe.

  • HooshZ

    O G810 acaba compensando mais do que o G610 então ? (Diferença entre 100 e 125 Reais)
    Estou num dilema aqui pois, com a diferença de preço entre eles, eu deixo de pegar um HyperX Cloud Stinger, para pegar um Cloud Core.. porém o G810 parece me agradar mais do que o 610, pois pelo o que li, o tal Romer G parece ser superior ao Cherry Brown.
    Junto a eles, estarei pegando um Logitech G502 e Mouse Pad G240.

  • Fabricio Pereira mota

    Oq vc me diz do G910?

    • http://oficialphe.com.br Sávio Coelho

      Opa Fabricio, beleza?!

      Cara, o G910 Orion Spectrum é interessante… Já o Orion Spark, nem tanto.

  • Fabricio Pereira mota

    Sávio, então você acha que o G910 orion spark vale ou não o valor de R$ 778. Pergunto pra vc pq achei perfeita as suas analises.

    • http://oficialphe.com.br Sávio Coelho

      Fabricio, eu acho que ele vale sim esse valor… Ele tem uma qualidade muito boa e apresenta uma quantidade absurda de features (alguns bem legais, inclusive). O problema é que o formato das keycaps dele é um pouco estranho. Algumas pessoas afirmam não ter problemas com isso, mas outras relataram um desconforto ao usá-las.

      O G910 Orion Spectrum possui keycaps nesse formato apenas nas teclas WASD e nas setas, se não me engano.

    • http://oficialphe.com.br Sávio Coelho

      Mas se eu fosse você, ficaria com o G810 mesmo. Ele é um excelente teclado, com um custo-benefício absurdo. Recomendo bastante.

  • Fabricio Pereira mota

    Estava querendo este modelo, http://www.kabum.com.br/cgi-local/site/produtos/descricao.cgi?codigo=69991&origem=52&gclid=Cj0KEQjwk-jGBRCbxoPLld_bp-IBEiQAgJafteOph_tOQGBmI1jupdMZMR0dicXDXPx27dQdpQUJrcIaAu288P8HAQ.

    Você acha que vou ter problemas com digitação, pq digito bastante, e vi alguns comentários com problemas pelas teclas serem muito sensiveis.

    • http://oficialphe.com.br Sávio Coelho

      Bom, os switches Romer-G realmente têm um feedback tátil bem suave. Mas isso é uma questão completamente pessoal. =/ Você pode adorar, mas também pode odiar.

  • Fabricio Pereira mota

    O mouse G502 oq vc me diz dele?
    Eu tinha um Mad Cataz 5, gostei muito mesmo, começou a dar click duplo.
    Comprei um mamba To. Que decepção, achei ele muito alto, ele n fica reto na mão, eu seguro o mouse com o dedão e a ponta dos dedos, com essa pegada ele fica virando na diagonal, achei ruim d+ da conta.

    • http://oficialphe.com.br Sávio Coelho

      Rapaz, o G502 é um mouse muito bom. A construção dele é super caprichada, porém é um mouse relativamente pesado. Ele, sem os pesos internos, pesa cerca de 120g. Se você gostar disso, é uma boa, mas eu, particularmente, vejo 110g como um limite e qualquer coisa acima disso pra mim é bem desconfortável. Mas não se preocupa, isso é pessoal.

      A pegada dele geralmente é bem gostosa pra todas as pegadas, o que pode incomodar mesmo é a questão do peso.

  • Vinicius Santana

    Estou com uma imensa duvida entre qual comprar
    Encontrei o G610 por R$531,00
    E o G810 R$600,00
    Me ajudem

    • http://oficialphe.com.br Sávio Coelho

      O G810 por R$600,00 vale mais a pena.

  • Carlos Simões

    Sávio, considerando o G610 e o Alloy pelo mesmo preço (R$ 320 no paraguai), o G610 ainda assim seria a melhor opção?

  • deivid

    Esse ou o masterkeys da cm?

    • Hagar

      Estou em dúvida entre este e o masterkeys também (só que o M), já que estão com preços semelhantes…

      • http://oficialphe.com.br Sávio Coelho

        Hagar, se você fizer questão de ABNT2, vai de MasterKeys Pro M… Se preferir full-size e não se importar com o layout ANSI, pode ir no G610. 😛

  • Neto Oliveira

    estou com problemas na interrogacao e na cedilha =( . alguem pode me ajudar . ele ja esta abnt 2

    • http://oficialphe.com.br Sávio Coelho

      Opa, Neto, beleza?!

      Como o Layout é ANSI, se você estiver utilizando ABNT2 no Windows, o “Ç” vai ficar na tecla que está à direita do L, e a interrogação você faz através do Alt Gr + W.

      Uma sugestão seria utilizá-lo no layout US International… Você vai ter que aprender a nova localização de algumas funções, mas é tranquilo para acostumar.

      • Neto Oliveira

        obrigado man vlw otimo review